Introdução ao Plotly Graph Objects

Ana Maria Gomes
5 minutos de leitura

Conteúdos do tutorial

Quando se trata de visualização de dados em Python, o Plotly é uma das bibliotecas mais poderosas e versáteis disponíveis. Com ela, você pode criar uma ampla variedade de gráficos interativos e atraentes que podem ser utilizados em Jupyter Notebooks, páginas web e até mesmo em aplicativos móveis. Neste tutorial, vamos nos concentrar em um aspecto específico do Plotly: os Graph Objects. Vamos explorar o que são, como usá-los e ver alguns exemplos práticos de sua aplicação.

O que são Plotly Graph Objects?

Os Graph Objects do Plotly são a base para a construção de gráficos na biblioteca. Eles representam uma abordagem mais detalhada e flexível para a criação de visualizações, permitindo um controle fino sobre cada elemento do gráfico. Com os Graph Objects, você pode personalizar praticamente qualquer aspecto do seu gráfico, desde o tamanho e cor das fontes até a aparência das linhas e preenchimentos.

Primeiros Passos com Graph Objects

Antes de começarmos a criar gráficos, precisamos instalar o Plotly e configurá-lo corretamente. Se você estiver usando o Jupyter Notebook, também precisará instalar o suporte para ele. Aqui estão os comandos básicos para instalação:

pip install plotly==4.12.0
pip install "notebook>=5.3" "ipywidgets>=7.2"

Com o Plotly instalado, podemos começar a explorar os Graph Objects. O primeiro passo é importar o módulo plotly.graph_objects:

import plotly.graph_objects as go

Criando um Gráfico Simples

Vamos começar com um exemplo simples: um gráfico de barras. Primeiro, criamos uma figura vazia e, em seguida, adicionamos um gráfico de barras a ela:

fig = go.Figure(data=go.Bar(x=[1, 2, 3], y=[1, 3, 2]))
fig.show()
 Graph Objects.

Este código cria um gráfico de barras básico com três barras. O método show() exibe o gráfico.

Personalizando seu Gráfico

Uma das grandes vantagens dos Graph Objects é a capacidade de personalização. Por exemplo, você pode querer adicionar um título ao seu gráfico e rotular os eixos:

fig.update_layout(
    title='Exemplo de Gráfico de Barras',
    xaxis_title='Eixo X',
    yaxis_title='Eixo Y'
)
fig.show()
 Graph Objects.

Trabalhando com Subplots

Os Graph Objects também facilitam a criação de subplots, ou seja, múltiplos gráficos em uma única figura. Isso é útil quando você quer comparar diferentes conjuntos de dados lado a lado.

from plotly.subplots import make_subplots

fig = make_subplots(rows=1, cols=2)
fig.add_trace(go.Bar(x=[1, 2, 3], y=[1, 3, 2]), row=1, col=1)
fig.add_trace(go.Scatter(x=[1, 2, 3], y=[2, 1, 3], mode='lines'), row=1, col=2)
fig.show()
 Graph Objects e subplots

Este exemplo cria uma figura com dois subplots: um gráfico de barras e um gráfico de linhas.

Conclusão

Os Graph Objects do Plotly oferecem um mundo de possibilidades para a visualização de dados em Python. Com eles, você pode criar gráficos detalhados e interativos que tornarão suas análises mais compreensíveis e atraentes. Esperamos que este tutorial tenha sido um ponto de partida útil para você começar a explorar tudo o que o Plotly tem a oferecer. Experimente com seus próprios dados e veja o que você pode descobrir!

Inscreva-se gratuitamente e fique atualizado

Receba toda semana um resumo dos principais conteúdos da Asimov direto no seu e-mail. 100% livre de spam.

Áreas de interesse: