Como Criar Gráficos Categóricos no Seaborn

Ana Maria Gomes
5 minutos de leitura

Conteúdos do tutorial

Se você já está familiarizado com a linguagem Python e tem experiência com programação há mais de um ano, provavelmente já ouviu falar do Seaborn. Esta biblioteca de visualização de dados é uma das mais poderosas e populares entre os analistas de dados, e não é por acaso. Com uma sintaxe intuitiva e uma gama de gráficos prontos para uso, o Seaborn facilita a criação de visualizações informativas e atraentes. Neste tutorial, vamos nos concentrar nos gráficos categóricos no Seaborn, mostrando como criá-los, personalizá-los e analisá-los.

Introdução aos Gráficos Categóricos

Gráficos categóricos são utilizados para representar dados que se enquadram em um número limitado de categorias. No Seaborn, existem vários tipos de gráficos que se encaixam nessa descrição, incluindo:

  • barplot
  • countplot
  • boxplot
  • violinplot
  • stripplot
  • swarmplot

Cada um desses gráficos tem suas particularidades e usos recomendados, que vamos explorar a seguir.

Criando Gráficos Categóricos Básicos

Para começar, vamos importar as bibliotecas necessárias e carregar um conjunto de dados de exemplo que vem embutido no Seaborn:

import seaborn as sns
import matplotlib.pyplot as plt

# Carregando um conjunto de dados de exemplo
tips = sns.load_dataset('tips')

Barplot e Countplot

O barplot é um gráfico que representa a média de uma variável numérica para cada categoria. Já o countplot é uma versão simplificada que conta o número de ocorrências em cada categoria. Veja como é simples criar um barplot:

sns.barplot(x='sex', y='total_bill', data=tips)
plt.show()
Barplot

E um countplot:

sns.countplot(x='sex', data=tips)
plt.show()
countplot

Boxplot e Violinplot

O boxplot é ideal para visualizar a distribuição dos dados, mostrando quartis e outliers. O violinplot adiciona uma camada de densidade de kernel aos boxplots, oferecendo uma visão mais rica da distribuição dos dados.

sns.boxplot(x="day", y="total_bill", data=tips)
plt.show()
Boxplot
sns.violinplot(x="day", y="total_bill", data=tips)
plt.show()
 Violinplot

Personalizando Seus Gráficos

O Seaborn oferece uma variedade de opções para personalizar seus gráficos. Você pode mudar a paleta de cores com o parâmetro palette, adicionar títulos e rótulos aos eixos, e muito mais.

sns.boxplot(x="day", y="total_bill", data=tips, palette='rainbow')
plt.title('Distribuição de Contas por Dia')
plt.xlabel('Dia da Semana')
plt.ylabel('Total da Conta')
plt.show()
Personalizando Seus Gráficos

Analisando Gráficos Categóricos

A análise de gráficos categóricos no Seaborn vai além da criação do gráfico em si. É importante observar padrões, como diferenças significativas entre as categorias, a presença de outliers e a distribuição geral dos dados.

Por exemplo, ao analisar um boxplot, observe a mediana (linha central da caixa), os quartis (bordas da caixa) e os outliers (pontos fora das barras). No violinplot, além desses elementos, você pode analisar a largura do “violino” em diferentes alturas para entender onde os dados estão mais concentrados.

Conclusão

Os gráficos categóricos no Seaborn são ferramentas poderosas para a análise de dados. Com eles, você pode rapidamente identificar tendências, comparar grupos e entender a distribuição dos seus dados. Lembre-se de que a personalização e a análise cuidadosa são essenciais para extrair o máximo de insights dos seus gráficos. Experimente com diferentes tipos de gráficos e configurações para ver o que funciona melhor para o seu conjunto de dados específico. Com prática e experiência, você se tornará um mestre na visualização de dados categóricos com Seaborn.

Inscreva-se gratuitamente e fique atualizado

Receba toda semana um resumo dos principais conteúdos da Asimov direto no seu e-mail. 100% livre de spam.

Áreas de interesse: