Gráficos Matriciais com Seaborn em Python: Um Guia Prático

Ana Maria Gomes
5 minutos de leitura

Conteúdos do tutorial

A visualização de dados é uma ferramenta poderosa para entender e apresentar informações complexas de forma clara e intuitiva. Entre as diversas bibliotecas disponíveis em Python para essa finalidade, o Seaborn se destaca pela sua capacidade de criar visualizações estatísticas elegantes e informativas. Neste tutorial, vamos nos aprofundar na criação de gráficos matriciais com Seaborn, explorando como eles podem nos ajudar a descobrir correlações e padrões em nossos dados.

Introdução aos Gráficos Matriciais

Gráficos matriciais são representações visuais que utilizam cores para indicar a magnitude de valores em uma matriz. Eles são particularmente úteis para visualizar correlações e padrões em conjuntos de dados com múltiplas variáveis. Com o Seaborn, podemos criar dois tipos principais de gráficos matriciais: mapas de calor (heatmaps) e clustermaps.

Criando um Mapa de Calor com Seaborn

Um mapa de calor é uma maneira eficaz de visualizar a matriz de correlação de um conjunto de dados. Para começar, vamos importar as bibliotecas necessárias e carregar um conjunto de dados de exemplo:

import seaborn as sns
import matplotlib.pyplot as plt

# Carregando um conjunto de dados de exemplo
tips = sns.load_dataset('tips')

Agora, vamos criar um mapa de calor para visualizar a correlação entre as variáveis numéricas do conjunto de dados tips:

# Calculando a matriz de correlação
corr = tips_encoded.corr()

# Criando o mapa de calor
plt.figure(figsize=(10, 8))
sns.heatmap(corr, annot=True, cmap='coolwarm')
plt.show()
 Mapa de Calor com Seaborn

No código acima, annot=True adiciona os valores de correlação nos quadrados do mapa de calor, e cmap='coolwarm' define o esquema de cores utilizado.

Explorando Padrões com Clustermap

O clustermap é uma extensão do mapa de calor que utiliza algoritmos de agrupamento para organizar as variáveis de forma que padrões e correlações fiquem mais evidentes. Vamos criar um clustermap usando o mesmo conjunto de dados:

# Criando o clustermap
sns.clustermap(corr, standard_scale=1, cmap='viridis')
plt.show()
Padrões com Clustermap

Aqui, standard_scale=1 normaliza os dados por colunas, o que pode ser útil para comparar variáveis em diferentes escalas.

Personalização Avançada

O Seaborn oferece várias opções para personalizar seus gráficos matriciais. Por exemplo, você pode alterar a paleta de cores, adicionar títulos e legendas, e ajustar os limites dos eixos. Vamos personalizar nosso mapa de calor:

# Personalizando o mapa de calor
plt.figure(figsize=(12, 10))
sns.heatmap(corr, annot=True, cmap='cividis', linewidths=.5, cbar_kws={"shrink": .5})
plt.title('Mapa de Calor de Correlação')
plt.show()
personalizar seus gráficos matriciais

Neste exemplo, linewidths=.5 adiciona linhas entre os quadrados, e cbar_kws={"shrink": .5} ajusta o tamanho da barra de cores.

Exemplos Práticos

Vamos aplicar o que aprendemos em um exemplo prático. Suponha que você esteja trabalhando com um conjunto de dados sobre voos e deseja explorar o número de passageiros ao longo dos anos e meses:

# Carregando o conjunto de dados de voos
flights = sns.load_dataset('flights')

# Preparando os dados para o heatmap
flights_pivot = flights.pivot_table(values='passengers', index='month', columns='year')

# Criando o heatmap
plt.figure(figsize=(14, 9))
sns.heatmap(flights_pivot, cmap='BuPu', linecolor='white', linewidth=1)
plt.title('Passageiros de Voos ao Longo dos Anos')
plt.show()
mapa de calor

Com esse mapa de calor, podemos facilmente identificar os meses e anos com maior número de passageiros.

Conclusão

Os gráficos matriciais com Seaborn são ferramentas incrivelmente úteis para explorar e apresentar dados multidimensionais. Com a capacidade de personalização e a simplicidade da biblioteca, você pode criar visualizações que não apenas comunicam efetivamente as informações, mas também são visualmente atraentes. Experimente com seus próprios conjuntos de dados e descubra os insights que os gráficos matriciais podem revelar!

Inscreva-se gratuitamente e fique atualizado

Receba toda semana um resumo dos principais conteúdos da Asimov direto no seu e-mail. 100% livre de spam.

Áreas de interesse: