Visualizando Dados 3DMesh no Plotly

Ana Maria Gomes
5 minutos de leitura

Conteúdos do tutorial

A visualização de dados tridimensionais é uma ferramenta poderosa para a análise e apresentação de conjuntos de dados complexos. Com o Plotly, uma biblioteca de visualização de dados para Python, você pode criar gráficos de malha 3D (3DMesh) interativos e esteticamente agradáveis com facilidade. Neste tutorial, voltado para um público de Python intermediário, vamos explorar como criar gráficos de malha 3D, além de abordar gráficos com Alphahull e valores de intensidade definidos em vértices ou células.

Introdução ao Mesh 3D com Plotly

O gráfico de malha 3D é uma representação gráfica onde os pontos (vértices) são conectados por linhas, formando uma estrutura de malha que pode ser visualizada em três dimensões. No Plotly, isso é feito através do objeto Mesh3D. Vamos começar com um exemplo simples para entender como isso funciona.

Exemplo Básico de Mesh 3D

import plotly.graph_objects as go
import numpy as np

# Dados aleatórios para representar as coordenadas X, Y e Z
x, y, z = np.random.rand(3, 50)

# Criando a figura e adicionando o gráfico de malha 3D
fig = go.Figure(data=[go.Mesh3d(x=x, y=y, z=z)])

# Mostrando o gráfico
fig.show()
gráfico simples Mesh 3D

Neste exemplo, geramos três arrays de números aleatórios que representam as coordenadas X, Y e Z de 50 pontos. O objeto Mesh3d do Plotly é utilizado para criar a malha 3D, que é então exibida com fig.show().

Gráficos de Malha 3D com Alphahull

O parâmetro alphahull determina a forma da malha 3D. Um valor negativo resulta em uma malha convexa que envolve todos os pontos, enquanto um valor positivo pode resultar em uma malha com cavidades, dependendo da distribuição dos pontos.

Exemplo com Alphahull

# Utilizando o mesmo conjunto de dados do exemplo anterior
fig = go.Figure(data=[go.Mesh3d(x=x, y=y, z=z, alphahull=5)])

# Mostrando o gráfico com Alphahull
fig.show()
3d mesh com alphahull

Ao definir alphahull=5, estamos instruindo o Plotly a criar uma malha que pode ter cavidades, criando uma visualização mais detalhada da estrutura dos dados.

Definindo Valores de Intensidade

Podemos adicionar uma dimensão extra de dados ao nosso gráfico de malha 3D (3DMesh) definindo valores de intensidade para os vértices ou células da malha. Isso é útil para representar uma variável adicional, como temperatura ou pressão, em cada ponto da malha.

Exemplo com Valores de Intensidade nos Vértices

# Gerando valores de intensidade aleatórios
intensity = np.random.rand(50)

# Criando a figura com valores de intensidade
fig = go.Figure(data=[go.Mesh3d(x=x, y=y, z=z, intensity=intensity, colorscale='Viridis')])

# Mostrando o gráfico
fig.show()
Valores de Intensidade nos Vérticesem gráficos 3D mesh

Neste exemplo, intensity é um array de valores que correspondem a cada ponto da malha. O parâmetro colorscale define a paleta de cores que será usada para representar os valores de intensidade.

Conclusão

Com o Plotly, criar gráficos de malha 3D (3DMesh) é uma tarefa simples e direta. A biblioteca oferece flexibilidade para personalizar a malha com parâmetros como alphahull e adicionar uma camada extra de informação com valores de intensidade. Experimente com seus próprios conjuntos de dados e descubra as possibilidades visuais que o Plotly pode oferecer para a sua análise de dados.

Lembre-se de que a documentação do Plotly é um recurso valioso para aprender mais sobre as opções de personalização disponíveis e para comparar com outras bibliotecas e linguagens de programação. Explore, crie e compartilhe visualizações impressionantes com a comunidade Python!

Inscreva-se gratuitamente e fique atualizado

Receba toda semana um resumo dos principais conteúdos da Asimov direto no seu e-mail. 100% livre de spam.

Áreas de interesse:
Conteúdos do tutorial