Entendendo Sequências em Python: Listas, Tuplas e Strings

Ana Maria Gomes
4 minutos de leitura

Conteúdos do tutorial

Python é uma linguagem de programação poderosa e versátil, conhecida por sua simplicidade e legibilidade. Uma das características mais úteis do Python são as sequências, que são estruturas de dados usadas para armazenar coleções de itens. Neste artigo, vamos explorar três tipos de sequências em Python: listas, tuplas e strings.

Listas: Flexibilidade e Dinamismo

Listas são uma das estruturas de dados mais utilizadas em Python. Elas são sequências ordenadas de elementos que podem ser de qualquer tipo, como números, strings e até outras listas. As listas são definidas com colchetes [] e seus elementos são separados por vírgulas.

minha_lista = [1, 2, 3]
outra_lista = ['hello', 'olá', 'bom dia']
lista_misturada = [0, 1.1, 'PYTHON', True, [1, 2]]

Indexação e Modificação

Você pode acessar elementos individuais de uma lista usando índices, que começam em zero. Por exemplo, minha_lista[0] retornará o primeiro elemento da lista. As listas são mutáveis, o que significa que você pode modificar seus elementos:

alunos = ['Ana', 'Bruno', 'Carlos']
alunos[0] = 'Marcos'
print(alunos)
Testar

Você também pode adicionar elementos a uma lista usando o método append() ou remover elementos com del.

Tuplas: Imutabilidade e Segurança

Tuplas são muito semelhantes às listas, mas com uma diferença crucial: elas são imutáveis. Isso significa que, uma vez criada, você não pode alterar seus elementos. As tuplas são definidas com parênteses ().

alunos = ('Ana', 'Bruno', 'Carlos')

Tentar modificar um elemento de uma tupla resultará em um TypeError. As tuplas são úteis quando você precisa de uma sequência que não deve ser alterada, como dias da semana ou coordenadas geográficas.

Strings: Sequências de Caracteres

Strings são sequências de caracteres usadas para armazenar texto. Elas são criadas usando aspas simples ou duplas e são imutáveis como as tuplas.

nome = "Vanzelotti"
mensagem = 'Python é incrível!'

Você pode acessar caracteres individuais de uma string usando a indexação e realizar várias operações, como concatenação (+), repetição (*) e métodos como lower() e upper() para alterar a caixa dos caracteres.

Operações Comuns com Strings

Strings suportam operações como:

  • len(string): Retorna o comprimento da string.
  • string.find(substring): Retorna o índice da primeira ocorrência da substring.
  • string.count(substring): Conta quantas vezes uma substring aparece na string.

Conclusão

Listas, tuplas e strings são fundamentais para a programação em Python. Enquanto as listas oferecem flexibilidade e dinamismo, as tuplas garantem imutabilidade e segurança. As strings, por sua vez, são essenciais para trabalhar com texto. Conhecer essas estruturas de dados e como manipulá-las é crucial para qualquer desenvolvedor Python.

Ao dominar sequências em Python, você ganha uma ferramenta poderosa para resolver uma ampla gama de problemas de programação, desde a manipulação de dados até a automação de tarefas e o desenvolvimento de aplicações complexas. Continue explorando e praticando para se tornar proficiente nessas estruturas essenciais.

Inscreva-se gratuitamente e fique atualizado

Receba toda semana um resumo dos principais conteúdos da Asimov direto no seu e-mail. 100% livre de spam.

Áreas de interesse: