9 minutos de leitura

O que são variáveis e constantes na programação?

Por Renata Lopes
Conteúdos do artigo

Entenda o papel das variáveis e constantes na programação e conheça os diferentes tipos de variáveis.

A programação de computadores é uma área que se baseia em uma série de conceitos fundamentais, e entre eles estão as variáveis e as constantes. Ambos os elementos, são básicos e essenciais para a manipulação de dados em um programa.

O programador utiliza as variáveis e constantes em conjunto com outros elementos da programação, tais como operadores, estruturas de controle de fluxo, laços e métodos, para realizar tarefas específicas e executar operações complexas.

Os valores armazenados em variáveis e constantes podem ser usados por outras partes do programa para tomar decisões, realizar cálculos, gerar saídas e interagir com o usuário.

Neste artigo, discutiremos o conceito de variáveis e constantes e os diferentes tipos de dados que podemos armazenar em variáveis.

O que são variáveis?

Uma variável é um espaço reservado na memória do computador para armazenar um tipo de dado específico, como um número ou uma palavra.

O programador pode modificar as variáveis durante a execução do programa, ou seja, ele pode atualizar ao longo do tempo o valor que as variáveis armazenam. No entanto, é importante ressaltar que, embora possa assumir diferentes valores, ela só pode armazenar um valor a cada instante. Em outras palavras, a cada atualização do valor da variável, o valor anterior é substituído pelo novo valor.

Para ilustrar, considere um jogo de corrida. Nele, é possível atualizar a variável “velocidade” para refletir a velocidade atual do carro, mas não é possível haver mais de um valor para essa variável ao mesmo tempo.

Além disso, é comum que se escolha os nomes das variáveis de forma descritiva, para que o programador possa entender facilmente o que está sendo armazenado. Por exemplo, em um programa de cálculo de média, a variável “nota” pode armazenar as notas dos alunos.

Um exemplo mais concreto pode ser um programa que solicita ao usuário o seu nome e o armazena em uma variável. A declaração da variável em Python seria assim:

nome = input("Digite o seu nome: ")

Nesse exemplo, a variável “nome” é criada e associada ao valor digitado pelo usuário na função input(). A partir desse momento, o valor digitado pelo usuário fica armazenado na variável "nome" e pode ser usado em diferentes partes do programa.

O que são constantes?

Uma constante é um valor que é fixo e imutável, ou seja, não se pode alterar durante a execução do programa, como strings, endereços de memória, dentre outros.

Para facilitar a sua identificação no código, nomeamos as constantes em letra maiúscula. Também podemos defini-las em diferentes partes de um programa, dependendo da linguagem de programação utilizada. Em algumas linguagens, o programador define as constantes no início do programa; em outras, ele pode defini-las em um módulo separado.

Uma das principais vantagens do uso de constantes em um programa é a facilidade de manutenção e modificação do código. Ao usar esse elemento de programação para representar valores fixos, é possível modificar esses valores de maneira centralizada e alterar seu comportamento em todo o programa.

Exemplos de constantes:

  • PI: é uma constante matemática que representa a relação entre a circunferência e o diâmetro de um círculo, geralmente definida como 3,14159…
  • Taxa de juros anual: em programas que lidam com cálculos financeiros, a taxa de juros anual é uma constante que representa a porcentagem de juros cobrados em um empréstimo ou investimento.
  • Velocidade da luz: em programas que lidam com física ou engenharia, a velocidade da luz é uma constante que representa a velocidade máxima que qualquer objeto pode atingir.

Para declarar uma constante em um programa, deve-se seguir as regras definidas pela linguagem de programação utilizada. Em Python, por exemplo, a declaração de uma constante seria feita da seguinte forma:

PI = 3.1415
TAXA_JUROS = 13.5 # em %
VELOCIDADE_LUZ = 299792458 # em m/s
Testar

Vale lembrar que Python, diferentemente de outras linguagens de programação, não impede você de modificar o valor de uma constante durante a execução do programa. Em Python, a distinção entre variáveis e constantes é conceitual: nomes em caixa alta indicam ao programador que o valor é uma constante, por isso ele não poderá modificá-la.

Tipos de variáveis

Na programação, convencionou-se categorizar as variáveis e constantes em três tipos principais: numéricas, textuais e lógicas. Cada tipo serve para armazenar diferentes dados e realizar diferentes operações. Portanto, é importante escolher o tipo certo de variável para garantir o funcionamento correto do programa.

1. Variáveis numéricas:

Armazenam números, como inteiros ou decimais. Utilizamos em operações matemáticas, como adição, subtração, multiplicação e divisão.

Por exemplo: armazena a idade de uma pessoa, a temperatura ambiente ou a quantidade de dinheiro em uma conta bancária.

2. Variáveis textuais:

Armazenam letras, símbolos ou caracteres especiais. Servem para manipular dados de texto e para exibir informações em tela ou salvar dados em arquivos de texto.

Por exemplo: armazena o nome de uma pessoa, uma mensagem ou um endereço de email.

3. Variáveis lógicas:

Armazenam os valores “verdadeiro” (true) e “falso” (false). São úteis para tomar decisões no programa com base nas informações armazenadas.

Por exemplo: representa se uma opção foi selecionada em um menu, se uma porta está aberta ou fechada ou se um usuário está logado em um sistema.

Também são conhecidas como variáveis booleanas, por causa de George Boole, um matemático britânico que criou a álgebra booleana, uma área da matemática que trata de operações lógicas e que é a base da lógica de programação.

Variáveis e constantes na lógica de programação

As variáveis e constantes são elementos fundamentais e essenciais da lógica de programação.

Em resumo, as variáveis podem mudar de valor durante a execução do programa, enquanto as constantes representam valores fixos. Ambas são importantes para a organização do código e a manutenção do programa, pois com variáveis e constantes bem definidas e nomeadas de forma clara, o código se torna mais fácil de entender e modificar. Portanto, fica mais fácil identificar e corrigir os erros.

Inscreva-se gratuitamente e fique atualizado

Receba toda semana um resumo dos principais conteúdos da Asimov direto no seu e-mail. 100% livre de spam.

Áreas de interesse:
Conteúdos do tutorial